Tambor da madrugada

Anna Torres e Flávio Paiva

Toda vez que você tiver perdida
na floresta turva da solidão
escute o meu coração
as batidas do meu coração

Já não me importo que você volte
cansei de sonhar em vão
(mas) escute o meu coração
as batidas do meu coração

Escute o meu coração
as batidas do meu coração

Quando a noite lhe assustar
qualquer noite sem luar
o silêncio, sem rumo, sem nada
lembre de mim

Eu vou estar no Pilão da Madrugada
vou estar no Pilão da Madrugada
vou estar no Pilão

Batucando pra você se guiar
pra você não se perder
pra você achar a estrada

Batucando por você sem parar
pro seu coração arder
no Pilão da Madrugada.