Terra do Nunca

Vicky Verônica / Flávio Paiva

Dizem que vou na contramão
(sozinha) alimentando uma ilusão
Que não tem hora pra acabar
Que se instalou em mim
E que assim vai me matar

Mas eu prefiro os desafios
Das verdes encruzilhadas
Uma dúvida por vez
Sem norte determinado
Ruas tortas, noites mortas
E coração acelerado

O guarda na esquina
Pensa que me engana
Fala em grana (não me abala)
Desse drama estou curada
Alega que não tenho idade
Mas trafego sem pudor
Pelos points da cidade

Implica com meu salto
Com a minha voz de álcool
Querendo me meter em cana
Mostro a carta de alforria
O segredo e alegria da viagem
Peter panamericana

  • CD Terra do Nunca: Flávio Paiva por Anna Torres e Paulo Lepetit

    Ficha Técnica